Lema da Central Musical: Anos 80

Não é necessário gostar de tudo, mas por que não conhecer? - Uma audição crítica de todos os álbuns lançados na década de 80.

Un Peu de l'Âime des Bandits - Aksak Maboul

30 de nov de 2010 comentários
O que é isso?







Ficha corrida da banda:
Nacionalidade: belga
Período de atividades: 1977 até 1981
Estilo/Gênero: Avant-Rock, Experimental
Álbuns de estúdio: 2
Site oficialhttp://www.myspace.com/aksakmaboul

Un Peu de lÂime des Bandits (1980) - Ouça aqui o disco completo!




Sobre o disco:

Line-up: Marc Hollander (órgão, piano, clarinete, clarinete baixo, saxofones, bateria eletrônica, dunbeg, xilofone, percussão), Frank Wuyts (bateria, máquina de fliperama, piano, sintetizador, percussão, vocal), Michel Berckmans (bassoon, oboé, vocal), Dennis Van Hecke (violoncelo, guitarra, vocal), Catherine Jauniaux (voz, máquina de fliperama), Fred Frith (guitarra, violino, viola, baixo), Chris Cutler (bateria, percussão).

Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 4,5
Gnosis: favorável


O Aksak Maboul foi um projeto efêmero, mas inovador que surgiu em meados da década de 70, formado por músicos que tinham uma concepção diferente sobre música apoiada nas ideias progressistas dos compositores eruditos do século XX, que questionaram de forma radical a estruturação da música ocidental.

Debut
Os integrantes de Aksak Maboul não queriam se envolver nas correntes do rock que faziam sucesso e que eram manipuladas por grandes gravadoras, então se juntaram ao movimento "Rock de Oposição" (RIO). Depois de lançarem seu debut em 77, o Maboul nos brindou com este segundo e último disco, que apresento hoje.

Un Peu de lAâime des Bandits é um tratado musical vanguardista que mistura elementos do rock com a música concreta e traz em suas faixas sons de instrumentos tradicionais com os de objetos do cotidiano. Há canto em algumas passagens, mas são apresentados de forma pouco convencional. O álbum foi muito festejado pela crítica por ser um dos lançamentos mais originais da década, mas um fracasso retumbante de público, o que aliás, era o esperado, tanto que o líder Marc Hollander teve que fundar sua própria gravadora independente para poder botar em prática seus projetos.

Um disco difícil para o público comum, mas interessantíssimo para os curiosos que anseiam por novidades. Até hoje soa à frente de seu tempo, e apesar de todas as faixas serem interessantes, destaco "Cinema", simplesmente incrível.

Se você nunca ouviu a banda...
Loucura e devaneios para uns, genialidade para outros; mas uma coisa é certa: originalíssimo! Aksak Maboul é uma ótima pedida para os ouvintes que realmente estão interessados em coisas diferentes e curiosas.

Melhor que explicar é colocar para ouvir!

No Place to Run - UFO

29 de nov de 2010 comentários: 1
O que é isso?



Ficha corrida da banda
Nacionalidade: inglesa
Período de atividades: 1969 até 1983; 1984 até 1989; 1992 até hoje
Estilo/Gênero: Rock/ Hard Rock, Heavy Metal
Álbuns de estúdio: 20 até o momento
Site oficialhttp://www.ufo-music.info/

No Place to Run (1980) - Ouça aqui o disco completo!





Sobre o disco:

Line-up: Phil Mog (vocal), Pete Way (baixo), Paul Raymond (teclado, guitarra, vocal), Paul Chapman (guitarra), Andy Parker (bateria)

Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 1,5


Charts:
E.U.A. 51º


Produzido por George Martin, ex-produtor dos Beatles, No Place to Run, foi o primeiro disco lançado após a saída de Michael Schenker por causa do vício da bebida (ele voltaria aos Scorpions). Para seu lugar, foi chamado Paul "Tonka" Chapman.

Esse álbum representou a queda comercial do UFO, pois mostrou que a banda ficou parada no tempo. Enquanto a NWOBHM estava dominando o espaço rockeiro, o UFO manteve-se preso às formas estilísticas da década de 70. As bandas estavam ficando cada vez mais pesadas e era exatamente isso que o público da época queria.

Entretanto, No Place to Run apresenta boas músicas e hoje em dia, quando não estamos mais "pressionados" àquela moda NWOBHM, é possível apreciar o disco com mais clareza de julgamento. Mas na época de seu lançamento, já soava datado.

Posts Relacionados:


Se você nunca ouviu a banda...
Uma das melhores bandas de hard rock na minha opinião. Seu estilo é intermediário entre o clássico e o heavy metal. Sempre contou com grandes músicos em seu line-up.

Teve sua maior fase criativa na década de setenta, assim como maior prestígio e visibilidade. Entrou em declínio após o advento da NWOBHM, mas nem por isso perdeu seu valor histórico. Excelente banda que merece ser mais reconhecida nos dias de hoje.

Rádio Polaina - 20º Programa

28 de nov de 2010 comentários

Confira no player acima!

PEÇA SUAS MÚSICAS PARA FUTUROS PROGRAMAS!




Baixe AQUI e faça seu CD para ouvir no carro, no aparelho de som, na festa, em todos os lugares!!

NO BLOCO DO ROCKEIRO:



Lista de músicas:


Na minha opinião, os programas de rádio são interessantes porque a programação é sempre uma surpresa. Caso você não concorde, selecione o espaço vazio abaixo para ver a listagem com as músicas que tocam neste programa.

Rich in Paradise - FPI Project, Walking in the Air - Aled Jones, Love Changes (Everything) - Climie Fisher, Stars on 45 Medley - Stars on 45, Walking on Sunshine - Katrina & The Waves, I Like Chopin - Gazebo, ´Till the Walls Come Tumblin' Down - J. Geils Band, Rock Love - Utopia, Showdown at the Border - Nazareth, Heatstrokes - Krokus, Canção da América - Milton Nascimento, Tonight I Celebrate My Love - Peabo Bryson & Roberta Flack, Room in Your Heart - Living in a Box, You Can't Stop Rock 'n' Roll - Twisted Sister, I Wanna Rock - Twisted Sister.

Sentinela - Milton Nascimento

27 de nov de 2010 comentários


O que é isso?



Ficha corrida do cara:
Nome completo: Milton Nascimento
Nacionalidade: brasileira
Período de atividades: 1962 até hoje
Estilo/Gênero: MPB, Pop, Samba
Álbuns de estúdio: 38 até o momento
Site oficialhttp://www.miltonnascimento.com.br/

Sentinela (1980) - Ouça aqui o disco completo!



Sobre o disco:

Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 4,5

Este clássico da MPB trás a imortal 'Canção da América', composta em parceria com Fernando Brant, e explora as raízes musicais brasileiras e latino-americanas. Como de costume, Milton Nascimento conta com grandes arranjos interpretados por orquestras completas, mas inova ao trazer o excepcional grupo de música experimental Uakti (grupo mineiro que fabrica seus próprios instrumentos a partir de uma infinidade de materiais do cotidiano, sua principal característica é fazer um uso melódico de instrumentos de percussão).

Todas as faixas do álbum são riquíssimas, principalmente em relação às melodias, e proporcionarão ao ouvinte atento um universo musical de grande valor.

O disco ainda conta com as participações mais que especiais de Mercedes Sosa em 'Sueño con Serpientes' e de Nana Caymmi na faixa arrebatadora 'Sentinela', onde temas religiosos são interpretados de forma devotada.

Se você nunca ouviu o cara...
Adotado por uma professora de música, iniciou cedo a compor e participou do movimento mineiro chamado Clube da Esquina, que começou com o encontro regular de amigos talentosos que se propunham a cantar, tocar e compor.

Possuidor de grande sensibilidade e musicalidade, Milton é um dos monstros sagrados da MPB e tem seu talento reconhecido internacionalmente.

Filmes Indicados - Kagemusha - A Sombra do Samurai

26 de nov de 2010 comentários
Kagemusha

1980 - Japão - 181 min.
Drama | Guerra


Diretor: Akira Kurosawa
Música: Shinichiro Ikebe

Cannes - Palma de Ouro
Indicações ao Oscar: Melhor filme estrangeiro, direção de arte
Indicação ao Globo de Ouro: Melhor filme estrangeiro


Elenco:

Tatsuya Nakadai
Tsutomu Yamazaki
Kenichi Hagiwara
Jinpachi Nezu




Shuji Otaki, Daisuke Ryu, Masayuki Yui, Kaori Momoi, Mitsuko Baisho, Hideo Murota, Takayuki Shiho, Koji Shimizu, Noburo Shimizu, Sen Yamamoto, Shuhei Sugimori.


Sinopse: Durante o período Sengoku (guerras civis no Japão) os líderes anseiam conquistar Kyoto. Entre eles estão: Shingen Takeda, Nobunaga Oda e Ieyasu Tokugawa (nota: personagens históricos). Em 1572, Shingen parte em direção a Kyoto. Nobunaga e Ieyasu unem esforços para impedí-lo. Shingen aproxima-se demais do campo inimigo e é alvejado por um atirador de elite. Gravemente ferido, ele ordena aos seus conselheiros que, se ele morresse, a sua morte deveria ser ocultada de todos durante três anos. Surgem boatos sobre sua morte, mas um sósia assume seu lugar e ninguém se dá conta da farsa. Assim o substituto cria respeito no clã Takeda e mantém os inimigos distantes, os quais creem que o líder está vivo. (Wikipedia).


Trailer:

Musas do Cinema da década de 80 - P.4

25 de nov de 2010 comentários
Sharon Stone - por Memórias e Nico: Acima da Lei


Jodie Foster - por Acusados




Andie Macdowell - por Sexo, Mentiras e Videotape




Elizabeth Perkins - por Sobre Ontem à Noite e Quero Ser Grande


Demi Moore - por Sobre Ontem à Noite e Não Somos Anjos


Mary Elizabeth Mastrantonio - por Scarface, A Cor do Dinheiro e O Segredo do Abismo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...