Lema da Central Musical: Anos 80

Não é necessário gostar de tudo, mas por que não conhecer? - Uma audição crítica de todos os álbuns lançados na década de 80.

Disco do dia: The Second Album - Suicide

21 de fev de 2011 comentários
O que é isso?



Ficha corrida da banda:
Nacionalidade: estadunidense
Carreira: 1971 até hoje
Estilo/Gênero: Rock/No Wave, New Wave, Art Punk, Art Rock, Industrial, Synthpunk, Punk, Synthpop, Electronic
Álbuns de estúdio: 5 até o momento
Site oficial: http://www.martinrev.com/ (Martin Rev), http://www.alanvega.com/ (Alan Vega)

The Second Album (1980) - Ouça aqui o disco completo!


Sobre o disco:


Line-up: Alan Vega (vocal), Martin Rev (teclado, bateria eletrônica, efeitos)


Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 4,5


Lançado três anos após seu elogiadíssimo álbum de estreia, o segundo disco da dupla Suicide, mostrou que eles não estavam mesmo interessados em atingir a grande massa, talvez por isso a demora para lançar seu segundo trabalho. Apesar de trazer o pop em sua essência, o som da dupla era diferente de tudo o que havia na época. Alguns podem dizer que as músicas da banda tenham alguma semelhança com o trabalho dos alemães do Kraftwerk, mas acho que essa referência é bem distante.
O Debut de 1977

O fato é que Alan Vega e Martin Rev sabiam muito bem o que queriam e aparentemente não se preocupavam muito com a opinião dos outros. The Second Album exerceu tanta influência quanto seu álbum predecessor, ou seja, muita! - do Clash até o Radiohead, passando por REM, Sister of Mercy, Young Gods e outros. Muita gente deve parte sua inspiração às ideias do Suicide.

O som é todo baseado em efeitos eletrônicos e ritmos repetitivos hipnóticos. O transe só é desfeito pelas muitas intervenções abruptas do vocalista Alan Vega. Sem dúvida um disco estranho, é magia sonora, muito interessante.

Se você nunca ouviu a banda...
Som difícil de categorizar, seminal talvez, proto-alguma coisa... Frio e intenso ao mesmo tempo, contraditório portanto.

Não gravaram muitos discos e nem emplacaram sucessos, mas cada lançamento que fizeram caiu como uma bomba na cabeça de músicos e críticos. 

Underground por natureza, simples e revolucionário. Ouvir algum disco deles em alto volume e com luzes estroboscópicas será uma bela fórmula para pirar...

comentários

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, verifique as normas do blog:
Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua visita, fico na expectativa de seu retorno!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...