Lema da Central Musical: Anos 80

Não é necessário gostar de tudo, mas por que não conhecer? - Uma audição crítica de todos os álbuns lançados na década de 80.

Debut - Bryan Adams

4 de jan de 2011 comentários: 3
O que é isso?



Ficha corrida do cara:
Nome completo: Bryan Guy Adams
Nacionalidade: canadense
Período de atividades: 1977 até hoje
Estilo/Gênero: Rock, Pop/AOR
Álbuns de estúdio: 10 até o momento
Site oficialhttp://bryanadams.com/

Debut (1980) - Ouça aqui o disco completo!


Sobre o disco:

Cotações:
All Music Guide (0 a 5): 2,5
The Daily Vault: A


Chart:
Canadá: 69º


O filho de diplomatas canadenses Bryan Adams, depois de rodar boa parte do mundo em companhia de seus pais, resolve ser músico. Em 1978 assina com uma gravadora e em 1980, consegue lançar seu debut, que conta com composições suas e em parceria com Jim Vallance (ex-Prism) - parceria essa que durou muitos anos.


Logo no primeiro disco já ficou evidente a promissora carreira como artista popular, pois caiu rapidamente nas graças do público, o que lhe rendeu um disco de ouro logo no álbum de estreia. As músicas lançadas como singles foram: 'Hidin' From Love', 'Remember' e 'Give Me Your Love'. Apesar do grande sucesso no Canadá, nos Estados Unidos foi praticamente ignorado. Como sabemos, logo isso iria mudar e Adams se tornaria um sucesso mundial.


O álbum em si, não tem nada de especial, ao contrário, utiliza fórmulas simples de pop music, Adams com um vocal quase infantil e faixas divertidas e descompromissadas. A crítica torceu um pouco o nariz, mas tudo levava a crer que o artista seria um grande sucesso nas rádios pelo mundo.


Se você nunca ouviu o cara...
Cantor de voz rouca e marcante, baixista, guitarrista, compositor e fotógrafo (muito conceituado, diga-se), Adams faz sucesso no mundo inteiro com seus rocks "me-engana-que-eu-gosto", mas principalmente por causa de suas baladas românticas - muitas delas fizeram parte da trilha sonora de filmes populares, o que lhe rendeu uma série de nomeações ao Oscar. Em geral suas músicas caem fácil no gosto popular, principalmente por causa de sua simplicidade e apelo emotivo. Tem uma longeva e sólida carreira.

comentários: 3

Guilherme M :

Eu gostei do disco, achei ele bem legal, toques de pianos e teclados se encaixaram muito bem !!!

Rodrigo Nogueira :

Olá Guilherme!

Legal que gostou! Eu achei o disco infensivo, tudo simplesinho e certinho...

Abraço!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, verifique as normas do blog:
Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua visita, fico na expectativa de seu retorno!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...