Lema da Central Musical: Anos 80

Não é necessário gostar de tudo, mas por que não conhecer? - Uma audição crítica de todos os álbuns lançados na década de 80.

True Colors - Split Enz

18 de nov de 2010 comentários
O que é isso?



Ficha corrida da banda:
Nacionalidade: neozelandeza
Período de atividades: 1972 até 1984
Estilo/Gênero: Pop, Rock/New Wave, Art Rock
Álbuns de estúdio: 9
Site oficialhttp://www.frenz.com/splitenz/

True Colors (1980) - Ouça o disco completo aqui!



Sobre o disco:

Line-up: Tim Finn (vocal, violão), Neil Finn (vocal, guitarra), Noel Crombie (vocal, percussão), Malcolm Green (bateria), Nigel Griggs (baixo), Eddie Rayner (teclado).

Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 4

Charts:
Austrália: 1º
Nova Zelândia: 1º
EUA: 40º
Reino Unido: 38º


Apesar de já ser o quinto álbum lançado pelo grupo neozelandês, True Colors foi o disco que finalmente trouxe o sucesso. E não apenas em seu país natal, mas na Austrália, EUA e Reino Unido. Tudo isso, graças principalmente ao hit I Got You.

Curiosamente o grupo havia apostado na faixa Missing Person e, no começo, não tinham noção do tamanho que a banda alcançaria com I Got You.

A diferença deste álbum para os anteriores é que neste, apesar de haver experimentações, o Split Enz conseguiu descobrir uma maneira de cair no gosto popular utilizando mais elementos do pop, deixando de lado a maioria de suas ideias "excêntricas" de compor. O resultado é memorável e o grupo conseguiu angariar seu lugar na história da música.


Na tentativa de aumentar as vendas do disco, a equipe de marketing da gravadora resolveu lançá-lo com diferentes capas, na verdade diferentes cores de capas, o que foi um prato cheio, principalmente para os colecionadores. Outro atrativo foi a gravação de figuras feitas a laser no vinil.

Se você nunca ouviu a banda...
É uma daquelas bandas que podemos chamar de cult. Suas influências vão do art rock ao vaudeville, passando pelo new wave e o pop.

Eram criativos no som e em suas apresentações, usavam roupas extravagantes, penteados estranhos e seus discos costumavam apresentar surpresas estéticas.

Seu trabalho sempre foi original apesar de se aproveitarem do movimento new wave crescente na época.

comentários

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, verifique as normas do blog:
Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua visita, fico na expectativa de seu retorno!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...