Lema da Central Musical: Anos 80

Não é necessário gostar de tudo, mas por que não conhecer? - Uma audição crítica de todos os álbuns lançados na década de 80.

That's What You Get Babe - Kevin Ayers

17 de jan de 2011 comentários
O que é isso?



Ficha corrida do cara:
Nome completo: Kevin Ayers
Nacionalidade: inglesa
Período de atividades: 1960 até hoje
Estilo/Gênero: Rock, Pop, Experimental/Psychedelic Rock
Álbuns de estúdio: 18 até o momento
Site oficialhttp://www.kevin-ayers.com/

That's What You Get Babe (1980) - Ouça aqui o disco completo!


Sobre o disco:

Line-up: Kevin Ayers (guitarra, vocal), Mo Foster (baixo), Liam Genockey (bateria), Ollie Halsall (guitarra),  Roy Jones (percussão), Neil Lancaster (vocal), Trevor Murrell (bateria), Graham Preskett (guitarra, violino, teclado, vocal, banjo, bandolim), Clare Torry (vocal), Geoff Whitehorn (guitarra)

Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 2,5

A fase underground e experimental deste original artista havia acabado. Pelo menos foi isso que sinalizou o lançamento de That's What You Get Babe, nono álbum de Kevin Ayers.

Ayers havia se imposto um auto-exílio do mundo musical e estava inativo já fazia dois anos. Sua gravadora, a Harvest, o convocou a gravar e colocou o produtor e multi-instrumentista Graham Preskett para auxiliá-lo e uma ordem para os dois: fazer um disco comercial, o que acabou se revelando uma temeridade.

O artista sempre teve vocação underground, em especial a psicodelia; fazer um disco comercial foi um verdadeiro tiro no pé. Músicas insossas, cheias de excessos e chatas. Esse trabalho mostra como a influência de gravadoras e empresários interessados apenas em dinheiro podem acabar com um renomado e criativo artista. O pior é que nunca assumem a culpa, após o fracasso do disco, Kevin Ayers foi demitido.

Se você nunca ouviu o cara...
Um dos artistas mais importantes da cena psicodélica inglesa dos anos 60, Kevin Ayers foi membro da histórica banda Soft Machine e colaborou com grandes nomes como Brian Eno, Syd Barrett, John Cale, Elton John, Robert Wyatt, Mike Oldfield, etc.

Passou por altos e baixos criativos na carreira e encontra-se na ativa até os dias de hoje.

comentários

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, verifique as normas do blog:
Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua visita, fico na expectativa de seu retorno!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...