Lema da Central Musical: Anos 80

Não é necessário gostar de tudo, mas por que não conhecer? - Uma audição crítica de todos os álbuns lançados na década de 80.

Disco do dia: Flush The Fashion - Alice Cooper

1 de mar de 2011 comentários
O que é isso?



Ficha corrida do cara:
Nome completo:  Vincent Damon Fournier
Nacionalidade: estadunidense
Carreira: 1964 até hoje
Estilo/Gênero:  Rock/Hard Rock, Heavy Metal, Garage Rock
Álbuns de estúdio: 25 até o momento
Site oficialhttp://www.alicecooper.com/

Flush The Fashion (1980) - Ouça aqui o disco completo!


Sobre o disco: 

Line-up: Alice Cooper (vocal), Keith Allison (backing vocals), Davey Johnstone (guitarra), Dennis Conway (bateria), Howard Kaylan (backing vocals), John Cooker Lopresti (baixo), Fred Mandel (teclado, guitarra), Joe Pizzulo (backing vocals), Ricky Tierney (backing vocals), Mark Volman (backing vocals).

Cotação:
All Music Guide (0 a 5): 2,5

Charts:
EUA: 40º
Britânico: 56º
Canadá: 19º
Noruega: 32º
Suécia: 34º

Depois de alguns anos gozando do prestígio atingido com os álbuns do início da década de 70, e do lançamento de discos razoáveis em meados desta mesma década, Alice Cooper, para desespero de muitos de seus fãs, resolve reinventar seu som. Para isso, contou com a ajuda do produtor Roy Thomas Baker (Queen, Cars, etc.). A ideia foi se adaptar à nova sonoridade trazida com a década de 80, ou seja, colocar um pouco de New Wave em seu típico Garage Rock.


O senhor Cooper relembra que nesta época não estava em seu "juízo perfeito", tanto é que nem se recorda de ter gravado alguns dos álbuns desse período. Tudo graças ao excessivo consumo de álcool, que segundo ele, estava "derretendo seu cérebro e acabando com sua memória".


Pois é caros fãs de rock, Flush The Fashion marcou a transição sonora do nosso heroi do rock do mal para um mais comportado "quase pop", com direito à frios teclados ao invés dos quentes riffs de guitarra (salvo algumas excessões). A faixa mais festejada deste disco foi o hit 'Clones (We're All)', mas cabe também ressaltar 'Pain', 'Talk Talk' e 'Grim Facts'. Vale a pena mencionar a presença célebre no line-up do tecladista  canadense Fred Mandel (Jimi Hendrix, Rolling Stones, The Who, Queen, Supertramp...) - não confundir com o monstro, também pianista, só que de Jazz,  Brad Mehldal (esse só se lançaria na carreira na década de 90).

A maior parte da crítica detestou a nova estética do artista. Muitos fãs, nos dias de hoje, se referem a esse álbum como uma "joia escondida" que precisa ser escutada com ouvidos isentos de preconceitos. Eu não gosto do álbum, e você caro leitor, qual sua opinião sobre ele?

Se você nunca ouviu o cara...
Showman - Alice Cooper foi um dos principais responsáveis pela definição do visual do rock pesado. Suas apresentações ao vivo são um mix de guitarras pesadas com teatro do terror. Suas performances no palco são memoráveis e incluem forca, guilhotina, cadeira elétrica e baldes de sangue.

No começo da carreira musical, Alice Cooper era o nome da banda, com o passar do tempo o senhor Fournier assumiu o personagem para si. Além de músico, é ator e jogador de golfe.

comentários

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, verifique as normas do blog:
Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua visita, fico na expectativa de seu retorno!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...